Víctor López Cotelo

Víctor López Cotelo

Grande Premio Enor 2009

 

 

Fotografía Luis Díaz Díaz

 

Nasce em Madrid em 1947. Obtem o título de Arquitecto  na Escola Técnica Superior de Arquitectura de Madrid em 1969. Trabalha em Munique desde 1970 a 1972, ano em que inicia a  sua colaboração no atelier  de Alejandro de la Sota até 1979. Desde então desenvolve a actividade profissional independente.

 

Como Professor  trabalha na ETSA de Madrid na Cátedra de Projectos de 1983 a 1986, em 1993 é Professor convidado de Projectos na Escola de Arquitectura de la TU de Munique e em 1995 obtem a Cátedra de Projectos nessa Escola, tendo sido convidado a dar seminários e conferen­cias em diversas Escolas de Arquitectura europeias. É membro da Secção Baukunst da Akademie de Berlín e membro correspondente da Academia das Belas Artes do Estado da Baviera.

 

A sua obra foi objecto de diversas exposições e Publicações tanto nacionais como estrangeiras e mereceram diferentes prémios e distinções, entre  os que se encontram em 1979 o 1er Premio do concurso para a nova sede do Colégio de Arquitectos  de Burgos, em 1987 o Premio COAM pelo Ayuntamien­to de Valdelaguna  (Madrid), em 1990 obtêm o primeiro  Premio do concurso para a reabilitação do Palácio de Linares (Madrid), esse mesmo ano a sua obra da Biblioteca Pública de Zaragoça é finalista do Premio “Mies van der Rohe” e em 1991 obtém o Premio “García Merca­dal”. Em 1994 a sua obra da Biblioteca Pública de Salamanca na Casa das Conchas obtém o premio “FIBES” de Sevilla, e  accésit nos prémios “Rehabitec” e “Europa Nostra”. Em 1996 recebeu o Premio COAM  no apartado de Diseño pela intervenção no envolvente do Monasterio do El Escorial. Em 1997, finalista da Bienal de Arquitectura Espanhola 1997, selecciona­do para o Premio Iberfad e obtém o “Premio Churriguera” de Urbanismo da Comunidad Autónoma de Madrid. Em 1998 recebe o premio Calidad Arquitectónica da Comunidad de Madrid e o primeiro premio no Concurso Internacional para a Escola de Arquitectura de Granada e em 1999 ganha o primeiro premio no Concurso para a nova sede dos Archivos da Filmoteca Espanhola em Madrid. Em 2003 obtêm o premio “Manuel de la Dehesa” da VII Bienal de Arquitectura Espanhola, em 2008  a sua obra expõe-se na XI Bienal de Arquitectura de Veneza. Em 2009 obtem o IV Gran Premio Enor para a península Ibérica e o IX Premio Saloni com a Vivienda Unifamiliar em o Conjunto de la Antigua Fábrica de Curtidos de la Ribera de San Lourenzo, em Puente Sarela, Santiago de Compostela, projecto pelo qual es também galardoado em 2011 com o “International Award Architecture in Stone”.

 

A sua actividade profissional completa-se  com a participação em inumeros jurados,  seminários, conferencias e concursos tanto espanhóis como internacionais.

© 2014. Grupo Ascensores Enor